O projeto visa a partilha de informação relevante e adoção de processos coordenados entre a ANA, NAV, TAP, Portway e Groundforce
Vote
Notícias
Aeroporto de Lisboa cria nova plataforma tecnológica para se tornar mais eficiente
28 de janeiro de 2016


Os principais intervenientes no processo aeroportuário de Lisboa assinaram um acordo esta semana, com o propósito de criar uma plataforma tecnológica que torne mais eficiente o aeroporto da Portela. A operação do Aeroporto de Lisboa será, assim, beneficiada pela partilha de informação relevante e adoção de processos coordenados, explica a ANA, gestora dos aeroportos de Portugal.

Para além da ANA, este projeto Collaborative Decision Making (CDM) envolve a NAV, empresa que controla o tráfego aéreo, a TAP e as empresas de handling Portway e Groundforce.

“Há alguns anos que todas estas companhias estão comprometidas com a implementação do Airport Collaborative Decision Making (A-CDM), um dos pilares tecnológicos do Single European Sky, cujo grande objetivo é organizar o espaço aéreo europeu em blocos funcionais e não tanto pelas fronteiras nacionais dos vários países. Isto para conseguir acomodar em condições de segurança os crescimentos de tráfego aéreo previstos”, lê-se em comunicado.

Chega agora o momento de o projeto A-CDM ver a luz do dia, depois de já terem sido feitos os primeiros testes operacionais, que demonstraram a grande potencialidade desta nova forma de partilha e trabalho colaborativo.

Assegurar a partilha de informação operacional no Aeroporto de Lisboa para permitir uma maior eficiência no processo aeroportuário; obter maior previsibilidade sobre as etapas fundamentais associadas aos voos processados; promover a troca de informação entre o Aeroporto de Lisboa e o Network Manager Operations Control (NMOC) para potenciar essa previsibilidade e fornecer informação mais rigorosa; e criar um sistema que avalie as melhorias decorrentes da partilha de informação e condições de previsibilidade são, então, os objetivos deste acordo.

A cerimónia de assinatura desta colaboração foi presidida pelo secretário de Estado das Infraestruturas Guilherme d’ Oliveira Martins e estiveram presentes os presidentes de todas as empresas signatárias – Jorge Ponce de Leão, presidente da ANA e da Portway, Guilhermino Rodrigues, presidente da Groundforce, Luís Coimbra, presidente da NAV, e David Pedrosa, administrador da TAP.
Home
MadeBy
Legislação
GateScope
mgate
Simulador
MissGate
WeeklyTv
Perfis
Notícias
Artigos
Eventos
Opinião
Publicações
TvGate
RadioGate
PressGate
OutGate
CineGate
APAP
DigitalGate
ICAP
APCT
APODEMO
Marktest
Obercom
API
APMP
GMCS
Criativos
APAN
APPM
ACEPI
MEDIAFONE