O sindicato da ERT emitiu um comunicado em que descreve o encerramento da emissora como um “golpe de estado”
Vote
Notícias
Governo grego encerra televisão e rádio públicas
12 de junho de 2013


O Governo grego procedeu ao encerramento da ERT, televisão e rádio públicas, medida que implica o despedimento de mais de 2.700 funcionários. Em conferência de imprensa, um porta-voz do governo declarou que a ERT “é um caso de extraordinária falta de transparência e de incrível esbanjamento”: “Isso acaba agora”, frisou Simos Kedikoglou.

O porta-voz explicou que a ERT vai ser substituída por “um organismo público, moderno, com muito menos pessoal”. Os mais de dois mil funcionários vão ser, de acordo com Kedikoglou, despedidos e indemnizados e vão poder candidatar-se a um trabalho na nova estação.

O sindicato da ERT emitiu um comunicado em que descreve o encerramento da emissora como um “golpe de estado” e acusa o executivo de estar “disposto a sacrificar a rádio e televisão pública” apenas para cumprir as exigências da troika.

Veja, abaixo, os últimos 30 segundos de emissão da televisão pública grega.



Fonte: Sol
Home
MadeBy
Legislação
GateScope
mgate
Simulador
MissGate
WeeklyTv
Perfis
Notícias
Artigos
Eventos
Opinião
Publicações
TvGate
RadioGate
PressGate
OutGate
CineGate
APAP
DigitalGate
ICAP
APCT
APODEMO
Marktest
Obercom
API
APMP
GMCS
Criativos
APAN
APPM
ACEPI
MEDIAFONE