O atual presidente deve abandonar as funções executivas, mas ainda não há consenso entre os acionistas sobre quem vai assumir a liderança
Vote
Notícias
Negócio da Controlinveste perto da conclusão
12 de setembro de 2013

O acordo de venda da área de media da Controlinveste deve ficar fechado no decorrer desta semana, avança a Marketeer. A nova sociedade vai ter a participação dos atuais credores BES e BCP, que vão converter os 190 milhões de euros de dívida em 30% do capital da empresa.

Joaquim Oliveira, o atual presidente do Conselho de Administração, vai reduzir a sua participação acionista. A Marketeer refere que a empresa deve contar com dois novos acionistas individuais – o empresário angolano António Mosquito, ligado ao setor petrolífero e da distribuição automóvel, e Luís Montez, dono da produtora Música no Coração e de várias rádios, como a Oxigénio e a Radar.

Segundo o Diário Económico, António Mosquito pretende assegurar uma posição no capital idêntica à de Joaquim Oliveira. O empresário vai entrar no capital do grupo de media com dez milhões de euros, em troca de uma participação de 27%. Porém, de acordo com o modelo desenhado pelo BCP e pelo BES, Joaquim Oliveira ficaria com uma participação de 29%.

O atual presidente deve abandonar as funções executivas mas, de acordo com o Diário Económico, ainda não há consenso entre os acionistas sobre quem vai assumir a liderança. Rodrigo Costa, que deixará a presidência executiva da ZON após a fusão com a Optimus, terá sido um dos nomes discutidos. Contudo, em declarações ao Diário Económico, garantiu não estar “a discutir nenhum convite”.

Fonte: Marketeer/Diário Económico
Home
MadeBy
Legislação
GateScope
mgate
Simulador
MissGate
WeeklyTv
Perfis
Notícias
Artigos
Eventos
Opinião
Publicações
TvGate
RadioGate
PressGate
OutGate
CineGate
APAP
DigitalGate
ICAP
APCT
APODEMO
Marktest
Obercom
API
APMP
GMCS
Criativos
APAN
APPM
ACEPI
MEDIAFONE