Notícias
RTP já tem três grupos de trabalho e quer manter arquivo
14 de outubro de 2013


Em seis meses de mandato, Miguel Poiares Maduro, ministro-adjunto e do Desenvolvimento Regional, com a tutela da comunicação social, já criou três grupos de estudo para a RTP, “mais do que qualquer um dos anteriores executivos”, avança o Correio da Manhã (CM).

No verão foi reunido um grupo para analisar o contrato de concessão do serviço público e, recentemente, foram constituídos dois – um para analisar os serviços de programas de âmbito internacional da RTP e outro para acompanhar a reforma do setor do audiovisual, que engloba os estatutos da RTP, o alargamento da Televisão Digital Terrestre e a análise do mercado de produção, agregação e distribuição de conteúdos audiovisuais, refere o CM.

O CM apurou, junto do gabinete de Poiares Maduro, que existe a hipótese de serem criados novos grupos. O gabinete esclareceu que “todos os membros desses grupos de trabalho e da comissão trabalharam ou trabalham pro bono” e que será criado um conselho geral, responsável pela nomeação da administração da RTP.

Relativamente ao arquivo, o CM avança que a RTP quer mantê-lo, mas que não tem meios para o recomprar – recorde-se que o Estado adquiriu o acervo por 150 milhões de euros em 2011. O arquivo deverá manter-se nas instalações da RTP, mas Poiares Maduro ainda não se pronunciou sobre o tema.
Home
MadeBy
Legislação
GateScope
mgate
Simulador
MissGate
WeeklyTv
Perfis
Notícias
Artigos
Eventos
Opinião
Publicações
TvGate
RadioGate
PressGate
OutGate
CineGate
APAP
DigitalGate
ICAP
APCT
APODEMO
Marktest
Obercom
API
APMP
GMCS
Criativos
APAN
APPM
ACEPI
MEDIAFONE