Paulo Rangel, do PSD, foi o candidato com mais presença na comunicação social, com 25% do total de notícias analisadas
Vote
Notícias
Aliança Portugal perde nas urnas, mas ganha na comunicação social
27 de maio de 2014


A Cision analisou o acompanhamento da campanha eleitoral para as eleições europeias de 2014 por parte dos meios de comunicação social portugueses e apurou que os candidatos da Aliança Portugal (coligação PSD/CDS) conseguiram, conjuntamente, obter 37% do espaço dedicado à cobertura mediática das várias campanhas partidárias.

Paulo Rangel, do PSD, foi o candidato com mais presença na comunicação social, com 25% do total de notícias analisadas, seguido por Francisco Assis, do PS, com 23%, e por Nuno Melo, do CDS, com 12%. Marisa Matias, do BE, e João Ferreira, do PCP, registaram 15% e 14%, respetivamente, e Marinho e Pinto, candidato pelo MPT, conseguiu apenas 5%. De acordo com a Cision, “os resultados equilibrados, em termos de cobertura mediática, traduziram-se em resultados completamente díspares em termos eleitorais”.

A Cision recolheu, entre 12 e 23 de maio, todas as notícias com referência aos cabeças-de-lista dos diferentes partidos. Foram estudados perto de 11 mil artigos veiculados no espaço editorial português, em mais de dois mil meios de comunicação social de televisão, rádio, online e imprensa.
Home
MadeBy
Legislação
GateScope
mgate
Simulador
MissGate
WeeklyTv
Perfis
Notícias
Artigos
Eventos
Opinião
Publicações
TvGate
RadioGate
PressGate
OutGate
CineGate
APAP
DigitalGate
ICAP
APCT
APODEMO
Marktest
Obercom
API
APMP
GMCS
Criativos
APAN
APPM
ACEPI
MEDIAFONE