Desde o início de maio, o sistema de monitorização da Cision detetou perto de 1,6 milhões de referências ao vírus ébola
Vote
Notícias
O ébola no mundo dos meios de comunicação social
20 de outubro de 2014


Ao longo dos últimos meses, o ébola tem sido presença assídua na agenda mediática dos meios de comunicação social em todo o mundo nos. Desde o início de maio, o sistema de monitorização da Cision detetou perto de 1,6 milhões de referências ao vírus ébola em conteúdos noticiosos online, em 190 países. Mas em que países, e zonas do globo, estão os meios de informação a atribuir maior relevância editorial ao flagelo “ébola”?

Segundo Margaret Chan, diretora-geral da Organização Mundial da Saúde, esta é "a mais grave emergência dos tempos modernos" - especialmente sentida nos países mais pobres da África Ocidental, com um tecido social e um sistema político frágeis - fez questão de sublinhar que “o pânico está a espalhar-se mais depressa do que o vírus”.

Partindo do número total de referências ao ébola obtido por país, a Cision elaborou uma infografia que permite destacar os países, e as zonas do globo, em que o vírus tem tido maior relevância do ponto de vista editorial.

Dos 30 países que mais destacaram o vírus ébola nos media online globais, 25 são africanos. Países como a Libéria e a Serra Leoa, bastante afetados e devastados pelo ébola, apresentam percentagens expressivas em termos de destaque editorial dado ao ébola, que oscilam entre os 25 e os 30%.

Portugal, dos 190 países que produziram informação sobre o ébola, é o 88.º país que maior relevância editorial deu ao vírus (0,67%), com perto de 12 mil artigos divulgados nos meios de informação online até este momento. Entre os países do continente europeu, Portugal surge no 15.º lugar, com uma percentagem acima da média europeia.

A Espanha, pelos motivos que têm sido amplamente veiculados nos media, é o terceiro país europeu que mais destaque editorial tem dado ao vírus ébola, com mais de cem mil artigos online detetados e 1,12% de relevância editorial.

O estudo foi efetuado entre os dias 1 de Maio e 15 de Outubro de 2014, e foram encontradas 1.578.210 referências ao vírus ébola, tendo como universo um total de 255.679 milhões de artigos. A informação foi recolhida pelo sistema de monitorização global da Cision, que analisa diariamente mais de 85.000 sites de informação online em todo o mundo.


Home
MadeBy
Legislação
GateScope
mgate
Simulador
MissGate
WeeklyTv
Perfis
Notícias
Artigos
Eventos
Opinião
Publicações
TvGate
RadioGate
PressGate
OutGate
CineGate
APAP
DigitalGate
ICAP
APCT
APODEMO
Marktest
Obercom
API
APMP
GMCS
Criativos
APAN
APPM
ACEPI
MEDIAFONE