Fala-se mesmo na hipótese de vir a adquirir o canal de notícias CNN por um valor entre os cinco mil milhões e os seis mil milhões de dólares
Vote
Notícias
Yahoo quer canal de televisão
7 de janeiro de 2015


Depois de voltar a posicionar-se no segmento mobile, um dos maiores da publicidade online, e no qual espera vir a ultrapassar a quota de mercado do Twitter, a Yahoo pretende agora adquirir um canal de televisão. A notícia é avançada pelo Puro Marketing.

A Yahoo entende que o futuro da Internet passa não só pelo mobile, mas também pelos conteúdos, sobretudo audiovisuais. A publicidade em formato vídeo representa uma das maiores oportunidades de crescimento para a empresa, razão que a levou a adquirir, no final do ano passado, por 640 milhões de dólares, o serviço de anúncios automatizados Brightroll. Desde então que a plataforma de anúncios de vídeo da empresa é a maior a funcionar nos Estados Unidos.

Há uns meses, a empresa conseguiu alegrar os entusiastas de “Community”, uma série de culto no universo online, mas que se revelou desastrosa em televisão, ao anunciar que iria lançar a próxima temporada. Contudo, a aquisição da série não terá sido mais do que uma estratégia de conteúdos, que agora poderá vir a incluir uma cadeia televisiva.

O último rumor que envolve a Yahoo refere que a empresa pretende comprar um canal de televisão por cabo nos Estados Unidos. Fala-se mesmo na hipótese de vir a adquirir o canal de notícias CNN por um valor entre os cinco mil milhões e os seis mil milhões de dólares. As especulações tiveram início, quando o blogger Tom Dotan publicou uma notícia sobre a possível fusão no seu blogue The Information.

De acordo com o Business Insider, a Yahoo considerou também a compra da Scripps Networks Interactive – grupo que detém, entre outros canais, o Cooking Channel, o Food Network e o Travel Channel –, na altura em que vendeu a sua parte na gigante chinesa de e-commerce Alibaba, negócio que rendeu à empresa 9,4 mil milhões de dólares e a muniu da liquidez necessária para realizar novos investimentos. Ainda que o momento já tenha passado, poderá estar em cima da mesa um acordo ao nível dos conteúdos.
Home
MadeBy
Legislação
GateScope
mgate
Simulador
MissGate
WeeklyTv
Perfis
Notícias
Artigos
Eventos
Opinião
Publicações
TvGate
RadioGate
PressGate
OutGate
CineGate
APAP
DigitalGate
ICAP
APCT
APODEMO
Marktest
Obercom
API
APMP
GMCS
Criativos
APAN
APPM
ACEPI
MEDIAFONE