A rede social de Zuckerberg gerou 227 mil milhões de dólares da atividade económica global e 4,5 milhões de postos de trabalho em 2014
Vote
Notícias
Infografia. O impacto do Facebook na economia global e no emprego
20 de janeiro de 2015
O Facebook gerou 227 mil milhões de dólares da atividade económica global e 4,5 milhões de postos de trabalho em 2014. A conclusão é da Deloitte, num relatório hoje divulgado e que tem o apoio do Facebook.

O estudo visou medir o Impacto Económico Global da rede social idealizada por Mark Zuckerberg sobre as comunidades, pequenas empresas e economias em todo o mundo e conta uma infografia, que contém as principais conclusões.

Em comunicado, a Deloitte sublinha que os postos de trabalho são maioritariamente criados por empresas das áreas de tecnologia e internet e que o Facebook estimula a economia global, ao dotar os empresários de ferramentas que potenciam o negócio e programadores de aplicações de uma plataforma que permite criar e desenvolver novas formas de interação com as pessoas, em qualquer parte do mundo.

A consultora explica ainda que a gigante das redes sociais “cria uma procura por conectividade, que, por sua vez, impulsiona a procura por dispositivos móveis e dados”, estimulando o crescimento por conta de terceiros e empresas que operam no ecossistema global do Facebook.

O relatório completo encontra-se disponível no Newsroom do Facebook e também no site da Deloitte do Reino Unido

Home
MadeBy
Legislação
GateScope
mgate
Simulador
MissGate
WeeklyTv
Perfis
Notícias
Artigos
Eventos
Opinião
Publicações
TvGate
RadioGate
PressGate
OutGate
CineGate
APAP
DigitalGate
ICAP
APCT
APODEMO
Marktest
Obercom
API
APMP
GMCS
Criativos
APAN
APPM
ACEPI
MEDIAFONE