Em Portugal, o conceito tem conquistado a atenção de milhares de compradores online, que aproveitam a ocasião para antecipar as compras de Natal
Vote
Notícias
KuantoKusta prepara “febre” da Black Friday
24 de novembro de 2015


O comparador de preços online KuantoKusta já começou a preparar a Black Friday. Este representa um dos dias do ano mais aguardados pelos consumidores do mundo inteiro e que tem lugar já na próxima sexta-feira, dia 27 de novembro. Em Portugal, e apesar de recente, o conceito tem conquistado a atenção de milhares de compradores online, que aproveitam a ocasião para antecipar as compras de Natal.
 
No ano passado, o KuantoKusta registou mais de 72 mil visitas neste dia e a expectativa é de que este ano “o número cresça para 100 mil visitantes”. Entre os produtos mais pesquisados na última edição estiveram, sem surpresas, os tecnológicos, com destaque para gadgets de informática (23%), telemóveis (22%), eletrodomésticos (17%) e aparelhos de imagem e som (16%). Entre os produtos não tecnológicos, o destaque vai para os brinquedos e artigos de puericultura (6%).
  
Para Paulo Pimenta, CEO do KuantoKusta, “uma das particularidades da Black Friday é que os descontos só são conhecidos no próprio dia. Gera-se, portanto, uma grande expectativa e é difícil comparar rapidamente os preços e encontrar o ponto de venda mais adequado para cada produto. No KuantoKusta essa comparação é imediata e permite inclusivamente descobrir algumas promoções enganosas”.
 
Para ajudar os consumidores online a “sobreviver” à Black Friday, o KuantoKusta decidiu partilhar algumas dicas que considera importantes.

Em primeiro lugar, a plataforma recomenda “uma pesquisa prévia pelos produtos, de forma a acompanhar a evolução real dos preços e evitar propostas enganosas, como aumento dos preços nos dias anteriores e regresso ao preço original na Black Friday, criando a ilusão de um desconto”.

O KuantoKusta sugere também “a elaboração de uma lista com os produtos mais desejados, de forma a não haver dispersão no momento de compra”. O objetivo passa por gerir melhor o orçamento e não fazer compras por impulso.

Por último, recomenda que os consumidores tenham cuidado com “as propostas fraudulentas, criadas por comerciantes não certificados”.
Home
MadeBy
Legislação
GateScope
mgate
Simulador
MissGate
WeeklyTv
Perfis
Notícias
Artigos
Eventos
Opinião
Publicações
TvGate
RadioGate
PressGate
OutGate
CineGate
APAP
DigitalGate
ICAP
APCT
APODEMO
Marktest
Obercom
API
APMP
GMCS
Criativos
APAN
APPM
ACEPI
MEDIAFONE