Chamam-se FYT Jeans e ambicionam conquistar, num mês, um mínimo de 30 mil euros para financiar o arranque da produção
Vote
Notícias
Engenheiro português no MIT lança-se no Kickstarter para reinventar os jeans
30 de novembro de 2015


Engenheiro português no MIT lança-se no Kickstarter para reinventar os jeans

Está online no Kickstarter, desde o passado dia 25 de novembro, uma campanha lançada por um português que se propõe reinventar as calças de ganga. A marca criada chama-se FYT Jeans e ambiciona conquistar, num mês, um mínimo de 30 mil euros para financiar o arranque da produção destinada à Europa e aos Estados Unidos.

Miguel Carvalho, investigador e professor de Engenharia Textil na Universidade do Minho, explica as motivações: “Usamos calças de ganga há mais de um século e elas conseguem ser confortáveis e sexy – mas só se estivermos de pé. Ora, o nosso estilo de vida atual faz-nos estar sentados, em média, mais de nove horas por dia, seja no carro, a comer ou ao computador. E quando não estamos sentados, precisamos de nos mexer, dobrar, baixar. Ao fazê-lo, a maioria dos jeans acumula tensão em pontos de inflexão, como as ancas e os joelhos, o que causa má circulação, fadiga muscular e dor. O formato e volume do nosso corpo mudam com o movimento, mas a roupa que usamos não está desenhada para se adaptar”.

Foi em 2011, quando Miguel Carvalho se tornou professor convidado no MIT, nos Estados Unidos, que conheceu Elazer Edelman, médico cardiologista, diretor de Centro de Engenharia Biomédica do MIT e diretor do Centro de Ciências da Saúde e Tecnologia da Harvard Medical School. Juntos, passaram os anos seguintes nos laboratórios científicos destas r universidades a estudar engenharia têxtil e anatomia.

Usaram scanners 3D, imagens termográficas e sensores termodinâmicos para medir tensão, pressão e temperatura com diferentes posições do corpo. A partir desta informação, desenvolveram umas calças de ganga que reduzem até 90% a compressão e minimizam a concentração localizada de temperatura e pressão. “Os FYT Jeans adaptam-se perfeitamente aos movimentos e características de cada corpo, sendo totalmente confortáveis sem sacrificar o estilo”, destaca Miguel Carvalho.

Após vários protótipos, na busca da otimização de materiais e do design, foram já registadas patentes para o design final dos FYT Jeans, com modelos para homem e mulher, na Europa e nos Estados Unidos. “Neste momento, estamos focados em angariar financiamentos no Kickstarter para começar a produção. Só na Europa, cerca de 400 milhões de pares deste ícone da moda são vendidos todos os anos. Cada adulto tem, em média, cinco pares de jeans. As oportunidades são imensas”, garante o engenheiro português.

Apesar de a startup estar baseada em Cambridge, a produção será feita em Portugal. Os fundadores esperam começar a fazer entregas gratuitas na Europa e nos Estados Unidos antes do fim do ano.
Home
MadeBy
Legislação
GateScope
mgate
Simulador
MissGate
WeeklyTv
Perfis
Notícias
Artigos
Eventos
Opinião
Publicações
TvGate
RadioGate
PressGate
OutGate
CineGate
APAP
DigitalGate
ICAP
APCT
APODEMO
Marktest
Obercom
API
APMP
GMCS
Criativos
APAN
APPM
ACEPI
MEDIAFONE