Recordo a primeira vez que a SIC foi para o ar como um dos momentos mais marcantes da minha carreira
José Bastos e Silva
Vote
Todas as personalidades
Perfis
José Bastos e Silva
Nome: José Alberto Belém de Bastos e Silva     
Data de nascimento: 19/10/1945
Naturalidade: Lisboa
Formação: Psicologia Clínica ISPA. Formação em Grupanálise.
Primeiro emprego: Tecnical – Empresa de Construções SARL
Empresa actual: Impresa Media Solutions
Função que desempenha: Director Geral SIC Administrador Comissão Executiva
Outros cargos e outras experiências: Director Geral SIC; Director Comercial SIC, Director Geral Kenia Postel Directories em Nairobi, Director Geral Directel Listas Telefónicas Internacionais em Macau, Director Comercial Dun & Bradstreet Portugal, Gerente Nacional de Vendas Páginas Amarelas




Qual é o livro da sua vida?
Os livros da minha vida são sempre aqueles que estou a ler. Actualmente, estou a ler "Leite Derramado", de Chico Buarque, "Marina", de Carlos Ruiz Zafon, e "O Anjo Branco", de José Rodrigues dos Santos.

Qual é o filme da sua vida?
"Sleuth" (em Portugal, "Autópsia de um Crime"), com Michael Caine e Laurence Olivier, dirigido por Joseph L. Mankiewicz, de 1972. Teve 4 nomeações para Óscar e 3 para Golden Globe.

Qual é a música ou o grupo musical da sua vida?
Beethoven, Chopin, Verdi... Beatles e Pink Floyd.

Qual é o seu lema de vida?
Qual é o próximo passo?

Qual a pessoa que mais o/a marcou, ao longo da sua vida?
A minha avó materna e o meu analista.

Qual é a sua viagem de sonho (realizada ou não)?
Travessia do cabo Horn à vela.

Qual é o seu clube de futebol?
Sporting Clube de Portugal.

Tem algum hobby, alguma paixão?
Os carros clássicos e a vela de cruzeiro.

Um defeito que não tolera? Uma qualidade que aprecia?
Sou muito tolerante. Acabo por aceitar os defeitos de quem gosto. A qualidade que aprecio, para fugir ao lugar comum da Honestidade, é a Alegria de viver.

Em média, quanto tempo diário dedica a:
ver televisão (aerial e cabo)? Tenho a televisão sempre ligada, durante as horas que estou no gabinete. Vejo televisão sempre que posso!
ouvir rádio? Sempre que ando de automóvel e, por vezes, à noite, quando não me apetece optar pelo que quero ouvir.
ler jornais e revistas? Jornal diário, todos os dias, ao pequeno-almoço. Todas as revistas que a Impresa edita e, ainda, as portuguesas que se publicam sobre carros clássicos e sobre barcos.
navegar na Internet? Sempre e só quando preciso.

Qual o anúncio que mais recorda?
Recordo muitos. Adoro ver anúncios. É um trabalho criativo que muito admiro.

Que profissão sonhava desempenhar na sua infância ou juventude?
Quando era miúdo queria ser médico. Na juventude pensei em ir para a Marinha Mercante, mas acabei por me inscrever no Técnico, em engenharia civil, até ir para a tropa.

Qual foi, até hoje, o momento mais marcante da sua carreira profissional?
O primeiro dia de trabalho dos vários empregos que tive e o dia em que a primeira emissão da SIC foi para o ar.

Qual o episódio profissional mais caricato que já viveu?
Não caricato mas, no mínimo, peculiar: um workshop de técnicas de venda a um grupo de futuros vendedores da empresa Directel Listas Telefónicas Internacionais em Macau, todos chineses.

Que medida ou medidas implementaria, se, por um dia, fosse Secretário de Estado para a Comunicação Social?
Toda e qualquer medida que conduzisse ao fortalecimento da liberdade de imprensa, com responsabilidade.

Acredita em profecias? Acredita que o mundo vai acabar em 2012, como defendiam os Maias?
As profecias só são interessantes como análise do estado de alma do Homem.



Home
MadeBy
Legislação
GateScope
mgate
Simulador
MissGate
WeeklyTv
Perfis
Notícias
Artigos
Eventos
Opinião
Publicações
TvGate
RadioGate
PressGate
OutGate
CineGate
APAP
DigitalGate
ICAP
APCT
APODEMO
Marktest
Obercom
API
APMP
GMCS
Criativos
APAN
APPM
ACEPI
MEDIAFONE