Gostava de fazer uma viagem bem longa – dar a volta ao Mundo, porque adoro viajar e conhecer de perto outras realidades, sejam elas boas ou más.
Ana Finisterra
Vote
Todas as personalidades
Perfis
Ana Finisterra
Nome: Ana Isabel Cristóvão Carlos Finisterra
Data de nascimento: 19/10/1965
Naturalidade: Estoril
Formação: Pós-Graduação em Marketing – ISEG/UTL
Primeiro emprego: Sensus/Bozell Portugal Publicidade
Empresa actual: Worketing
Função que desempenha: Consultora de Marketing
Outros cargos e outras experiências: Sempre na área de media, inicialmente integrada nas Agências de Publicidade e, mais tarde, nas Agências de Meios. Comecei, como considero que todos os profissionais devem começar e, como dizia o meu primeiro "empregador", e grande admirador meu – Belmiro de Azevedo – “Só depois de empurrarmos caixotes, estamos aptos a gerir quem empurra caixotes”; e terminei como MD numa Agência de Meios.




Qual é o livro da sua vida?
Não tenho um livro da minha vida.

Qual é o filme da sua vida?
Não tenho um filme da minha vida.

Qual é a música ou o grupo musical da sua vida?
Tive várias(os) e muito diferentes em cada fase da minha vida.

Qual é o seu lema de vida?
Acreditar que vale sempre a pena.

Qual a pessoa que mais a marcou, ao longo da sua vida?
A minha mãe.

Qual é a sua viagem de sonho (realizada ou não)?
Uma viagem bem longa – uma volta ao Mundo, porque adoro viajar e conhecer de perto outras realidades, boas ou más.

Qual é o seu clube de futebol?
O Clube da minha grande cidade – Vitória de Setúbal. E, claro, o nosso Portugal, porque é muito bom quando torcemos todos para o mesmo lado.

Tem algum hobby, alguma paixão? Badminton.

Um defeito que não tolera?
Nos outros, a discriminação. Em mim, a tolerância.

Uma qualidade que aprecia?
Honestidade.

Em média, quanto tempo diário dedica a:
ver televisão (aerial e cabo)? Cerca de 1 hora.
ouvir rádio? Cerca de 1 hora.
ler jornais e revistas? 15 minutos (online).
navegar na Internet? Muito tempo, por motivos profissionais.

Qual o anúncio que mais recorda?
Recordo-me de tantos, não há propriamente só um que deva destacar.

Que profissão sonhava desempenhar na sua infância ou juventude?
Na infância hospedeira de bordo, na juventude não me recordo, talvez porque me tenha começado a aperceber que há outras coisas melhores para sonhar, do que com uma profissão.

Qual foi, até hoje, o momento mais marcante da sua carreira profissional?
Vários, mas o que nunca esquecerei refere-se ao momento em que entrei para a primeira empresa onde trabalhei.

Qual o episódio profissional mais caricato que já viveu?
O mais caricato não sei, mas houve-os com certeza.

Que medida ou medidas implementaria, se, por um dia, fosse Secretário de Estado para a Comunicação Social?
Cargos políticos, não obrigado.

Acredita em profecias? Acredita que o mundo vai acabar em 2012, como defendiam os Maias? Claro que não.


Home
MadeBy
Legislação
GateScope
mgate
Simulador
MissGate
WeeklyTv
Perfis
Notícias
Artigos
Eventos
Opinião
Publicações
TvGate
RadioGate
PressGate
OutGate
CineGate
APAP
DigitalGate
ICAP
APCT
APODEMO
Marktest
Obercom
API
APMP
GMCS
Criativos
APAN
APPM
ACEPI
MEDIAFONE