Se, por um dia, fosse responsável pela Comunicação Social em Portugal, as medidas adotadas iriam ao encontro da liberdade de expressão
Carolina Alves
Vote
Todas as personalidades
Perfis
Carolina Alves
Nome: Carolina Alves
Data de Nascimento: 16/05/1987
Naturalidade: S. Sebastião da Pedreira
Formação: Atualmente a tirar o mestrado em Publicidade e Marketing na ESCS. Licenciatura em Ciências da Comunicação no ISCSP
Primeiro emprego: Assistente de apoio técnico na TMN
Empresa atual: Orangepopcorn
Função que desempenha:
Creative director
Outros cargos e outras experiências: Project manager na Orangepopcorn



  Qual é o livro da sua vida? 
O meu primeiro livro, assim que aprendi a ler. Foi as “Fábulas de La Fontaine”.

  Qual é o filme da sua vida? 
Vários, mas recentemente “Les Misérables”.

  Qual é a música ou o grupo musical da sua vida? 
Vários, não posso enumerar um em específico.

  Qual é o seu lema de vida?
“Hakuna Matata”.

  Qual a pessoa que mais o/a marcou, ao longo da sua vida? 
A minha avó. 

  Qual é a sua viagem de sonho (realizada ou não)? 
Phuket e Itália. Ambas por realizar.

  Qual é o seu clube de futebol? 
Sporting Clube de Portugal.

  Tem algum hobby, alguma paixão?
Hobby, ginásio. Paixão, as minhas furonas, adoro-as!

  Um defeito que não tolera? Uma qualidade que aprecia? 
Não tolero falsidade. Qualidade que aprecio: pessoas com garra que não desistem.

  Em média, quanto tempo diário dedica a:
  Ver televisão (aerial e cabo)? Ligo a televisão apenas para ver o Sporting e os anúncios.
  Ouvir rádio? Sempre que posso, várias horas ao dia.
  Ler jornais e revistas? 30 minutos de manhã (online).
  Navegar na Internet? 24/7.

  Qual o anúncio que mais recorda? 
“Ambrósio, apetecia-me tomar algo”, da Ferrero Rocher, e o do urso polar da Coca-Cola.

  Que profissão sonhava desempenhar na sua infância ou juventude?
Na infância queria ser professora de história, mas foi sol de pouca dura. No secundário já sabia que queria algo relacionado com marketing e publicidade.

  Qual foi, até hoje, o momento mais marcante da sua carreira profissional? 
Ainda estou no início, mas foi quando assumi a direção criativa da agência.

  Qual o episódio profissional mais caricato que já viveu? 
Não sei se se pode chamar um episódio profissional, mas antes de entrar na Orangepopcorn candidatei-me a uma suposta “agência”, para o departamento criativo. Quando cheguei vi que era para vender packs de uma operadora de telecomunicações porta-a-porta. Disse que não estava interessada, mas não me deixavam ir embora, até que a determinada altura já estava a entrar em pânico e fugi, saí a correr! 

  Que medida ou medidas implementaria, se, por um dia, fosse Secretário de Estado para a Comunicação Social? 
Pergunta difícil. Teria de analisar bem, mas as medidas iriam ao encontro da liberdade de expressão e de garantir o pluralismo na Comunicação Social.

Home
MadeBy
Legislação
GateScope
mgate
Simulador
MissGate
WeeklyTv
Perfis
Notícias
Artigos
Eventos
Opinião
Publicações
TvGate
RadioGate
PressGate
OutGate
CineGate
APAP
DigitalGate
ICAP
APCT
APODEMO
Marktest
Obercom
API
APMP
GMCS
Criativos
APAN
APPM
ACEPI
MEDIAFONE