O esforço, dedicação e seriedade com que enfrentamos os desafios trazem sempre retorno, a seu tempo
Dina Isabel
Vote
Todas as personalidades
Perfis
Dina Isabel
Nome: Dina Isabel
Data de Nascimento: 17/05/1967
Naturalidade: Vila Franca de Xira
Formação: Licenciada em Ciências da Comunicação, pela FCSH, da Universidade Nova
Primeiro emprego: Rádio Comercial
Empresa atual: Grupo Renascença Comunicação Multimédia
Função que desempenha: 
Diretora de programação da Renascença e da Rádio Sim
Outros cargos e outras experiências: Rádio, rádio e mais rádio. Gravei um disco aos 18 anos, mas ninguém ligou nenhuma… E eu percebo.



  Qual é o livro da sua vida? 
É escusado, nunca consigo responder a esta pergunta… São muitos, em diferentes momentos da minha vida.

  Qual é o filme da sua vida? 
“Cinema Paraíso” e “Clube dos Poetas Mortos”.

  Qual é a música ou o grupo musical da sua vida? 
Ui… Não saíamos daqui. No entanto, há um documento que guardo em CD e DVD, o concerto de Simon e Garfunkel no Central Park, em 1982.

  Qual é o seu lema de vida?
O esforço, dedicação e seriedade com que enfrentamos os desafios trazem sempre retorno, a seu tempo.

  Qual a pessoa que mais o marcou, ao longo da sua vida? 
Até os meus filhos nascerem, os meus pais. Ainda hoje são o meu porto de abrigo.

  Qual é a sua viagem de sonho (realizada ou não)? 
Gostava de conhecer os países da lusofonia.

  Qual é o seu clube de futebol? 
Benfica… Sempre!

  Tem algum hobby, alguma paixão?
Os de sempre – livros, música… E um dia ainda quero aprender a fazer arraiolos.

  Um defeito que não tolera? Uma qualidade que aprecia? 
Não tolero deslealdade e aprecio pessoas descomplicadas e competentes.

  Em média, quanto tempo diário dedica a:
  Ver televisão (aerial e cabo)? Duas horas.
  Ouvir rádio? Depende dos dias… Mas muitas.
  Ler jornais e revistas? Uma hora.
  Navegar na internet? Não consigo contabilizar, uns dias mais, outros menos, depende do trabalho.
 
  Qual o anúncio que mais recorda? 
Os pequenos eletrodomésticos da Philips, com Miguel Guilherme.



  Que profissão sonhava desempenhar na sua infância ou juventude?
Dependendo das fases, detetive, atriz, cantora ou jornalista.

  Qual foi, até hoje, o momento mais marcante da sua carreira profissional?
São muitos, seria exaustivo. Destaco dois. A Rádio Sim, porque nem todos têm a sorte de poder criar um projeto de raiz. E o convite para estar à frente da Renascença, uma rádio onde cresci profissionalmente e onde tenho vivido momentos fantásticos, como a recente campanha dos Elogios.

  Qual o episódio profissional mais caricato que já viveu?
Há dois que destaco. No início da minha vida profissional comecei a receber uns trocos de um ouvinte com uma cópia de um boletim de um totoloto. Após uma conversa, percebi que ele jogava todas as semanas em “nosso” nome e dividia o prémio… Nunca acertámos mais de três números.

O outro aconteceu quando a internet ainda não era prática recorrente e os ouvintes só nos conheciam pela voz. Um deles ficou verdadeiramente desiludido quando me conheceu. O António Sala costumava dizer na brincadeira que eu era alta, loira e tinha olhos verdes. Sou o oposto, olhos e cabelos castanhos e estatura média. Quando percebeu quem eu era, num espetáculo que fizemos no norte do país, o ceticismo passou a desilusão nos seus olhos: “Ah… O Sala dizia que você era uma brasa!”

  Que medida ou medidas implementaria, se, por um dia, fosse responsável pela Comunicação Social em Portugal?
Um dia não dava para muita coisa, mas faz-me muita aflição a falta de ética com que nos confrontamos diariamente. Penso que a rádio se tem conseguido manter afastada da corrida desenfreada pela atenção dos consumidores a qualquer custo. Compreendo que a concorrência é muito forte nalguns meios e que muitas vezes está em causa a sobrevivência, mas a comunicação social sem ética assusta-me imenso. É fácil criar uma calúnia, mas muito difícil desmenti-la.

Home
MadeBy
Legislação
GateScope
mgate
Simulador
MissGate
WeeklyTv
Perfis
Notícias
Artigos
Eventos
Opinião
Publicações
TvGate
RadioGate
PressGate
OutGate
CineGate
APAP
DigitalGate
ICAP
APCT
APODEMO
Marktest
Obercom
API
APMP
GMCS
Criativos
APAN
APPM
ACEPI
MEDIAFONE